segunda-feira, 18 de maio de 2009

Hoje fui surpreendida por uma amiga que me enviou a preciosidade que vos deixo aqui. Aviso que não é aconselhável a mentes retrógradas, preconceituosas e ultrapassadas. Para quem pensa que o amor é algo que só é possível de ser sentido, vivido e partilhado entre pessoas de sexo oposto, esta mensagem não poderia encaixar melhor. É que já não há paciência para o preconceito alheio. Deixemo-nos de hipocrisias. Cada um tem o direito de viver o amor à sua maneira, como e com quem quiser. Por isso, aqui fica:


Este vídeo não é oficial!

Obrigado C.C.

Até amanhã ou depois!

4 comentários:

HannaH Sophia disse...

gosto mt da lilly allen...

disse...

Sabes, tenho andado tentada a escrever sobre o tema, porque já nem consigo conceber que se viva com tanto preconceito. Mas a verdade é que há e muito.

Only Words disse...

HannaH, confesso que não conhecia, até hoje. Do que ouvi, gosto ;)

Only Words disse...

Bê, infelizmente o preconceito existe e mora entre muitos de "nós". Sejam velhos ou novos, não consigo conceber que alguém faça juízo de valor sobre o amor entre duas pessoas do mesmo sexo. Aliás, nunca ouvi em lado algum que o amor tem sexo, raça, religião ou outra coisa que tal!:)