domingo, 5 de julho de 2009

Carta aberta ao S. Pedro!


Querido Topé, não sei que te faça. Estou muito triste com as tuas decisões. Como sabes, porque és um gajo com poderes do além, ando exausta, a precisar de férias. Na certeza que os dias que tanto anseio só devem chegar lá para Outubro, vou aproveitando todo o tempo que me resta para descansar. Uma vez que estamos no Verão, é normal que queira ir até à praia. Ontem, sábado, o dia esteve agradável e convidativo a uns mergulhos, mas o dever falou mais alto e não deu para ir. Hoje, domingo, acordei e fui vestir o fato de banho, convicta que o dia seria de sol, sem vento, com o céu limpo. Fantasticamente preparada , eis que dou de caras com um tempo cinzento, a ameaçar chuva. Perante este cenário, que me deixou desolada, a única coisa que me ocorreu foi pegar na sandalita e dar-te tau-tau no rabiosque! Afinal que queres tu de mim, que não me deixas aproveitar a época estival?! Por causa de ti, e porque estou de neura, fui encher a banheira e tomar um belo banho de imersão, para limpar as energias negativas que me impeliste! Deixo-te aqui um aviso, em tom de ameaça: OU DEVOLVES O VERÃO, OU NUNCA MAIS TE FALO!
Sem mais nenhum assunto, espero ter resposta a esta missiva o quanto antes. Caso contrário, terei de ter uma conversa com o teu patrão, para ver se acordas e fazes alguma coisa de jeito pah!


Até amanhã ou depois!

3 comentários:

Sofizita disse...

Se precisares de ajuda também assino. ;)

disse...

Mas olha que a praia não estava´má de todo. O meu homenzinho ainda foi à água e depois fomos vegetar para uns puff's do barzinho, onde se estava muito bem - sem calor exagerado.

HannaH disse...

eu acho que ele mudou de casa...pk ja lhe escreveste da outra vez e eo gajo continua ou a querer contrariar, ou entao não leu!!