quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Xiuu, silêncio, estou de passagem, mas não digam a ninguém! Tenho saudades deste que é o meu espaço. Venho, mas de rompante, como uma bala que passa e repassa, deixando a sua marca. Confesso-me, a inspiração é pouca. Redimo-me, com pequenas palavras, uma ou outra frase, quase todas sem sentido. Não importa, esta sou eu, assim, umas vezes com tudo, outras tantas sem nada. Pudesse parar os dias, as horas e os minutos, com a veloz passagem deste tempo que sinto não ser o meu. Desgastada, sinto-me desgastada - não disto ou daquilo, mas de algo que não tenho. Era a paz, a leveza, o brilho no olhar, o sorriso parvo, o bater descompassado de um músculo tão afamado que gostava de alcançar. Quem sabe um dia!?

Xiuu, silêncio, vou mas volto, prometo que sim!


Até amanhã ou depois!

8 comentários:

Sara M. disse...

psiu...
só para deixar um beijinho..
;)

HannaH disse...

que saudades tuas..only.

disse...

Ai de ti que não voltes... ;)

Beijocas grandes!

Lia disse...

eu guardo o segredo... espero que já esteja tudo bem com a tua saude e que a quarentena já tenha terminado!
Cá espero pelo teu regresso

jocas gordas

Ana C. disse...

E nós cá estaremos à tua espera :)

Analog Girl disse...

Saudades pá...
Volta depressa.

Jeanette Zork disse...

Silêncio....

Miss You...so much ;)

Zork Kissis****

PB disse...

Excelente post e já vi que voltaste!;)