sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Recentemente fui tia. É verdade! Mas não uma tia de um sobrinho qualquer. Falo de um Ser muito especial, que além de traquinas, é um doce, meigo e muito mimoso. Tem uma personalidade forte, como as mães (sim, ele tem duas mães por adopção). Adora andar às cavalitas, ou então em cima da cabeça. Quem o quer ver feliz, é só dar-lhe colo e muita uvinha, daquelas bem doces. É um pouco rabugento quando acorda, faz muita porcaria se estiver sozinho por muito tempo, como espalhar comida e deixar uma caca de meio em meio metro por onde passa. De porte opulento para a idade, olhar penetrante e timbre, confesso, às vezes irritante...ele é o Trincas, o meu sobrinho "mai lindo". Ora digam lá se não tenho razão!?


IMG CS

Até amanhã ou depois!

10 comentários:

disse...

Que fofo! :)

Jeanette Zork disse...

Muito Fofinho..amei.

E o olhar maroto dele, enquanto pousa para a fotografia ?

:) :)

Parabéns.

Only Words disse...

Porque não consigo que o comentário da Analog Girl fique publicado, fica aqui o registo.


"Confesso que não sou grande fã de pássaros, mas estes fazem companhia e tanto quanto sei, são muito fiéis aos donos.
Não lhe ensines palavrões, hã?"

Ass: Analog Girl

whitesatin disse...

Muito fotogénico o "piriquito" (lol) :D

É fofinho, sim senhora, e gosta de festinhas na cabeça :D

disse...

E tem sp uma pena vermelha no rabo k mania k tem esses papagaios...arre!

É muito fofo! Eu sou tia, mas d uma menina...LOL :P

MARIINHA disse...

É tão engraçado o Trincas. E pelo que nos contas, lá por ser um bicho de penas, não deixa de fazer companhia aos seus donos. As tuas "meninas gatas" estão boas? Tens que colocar aqui uma foto recente delas. São tão queridas. Um beijo Only, tem um bom fim de semana

S* disse...

ohhhhhhhhh que ternura!!!

ergela disse...

Eu conheço um político que deve ser família do Trincas, fala do que sabe, mais daquilo que não sabe.
Advinha de quem me estou a referir?

Dou-te uma pista:é recentemente doutorado e é quadro do Banco Totta Açores.

papagaio disse...

nos os papagaios somos assim os maiores e os mais maravilhosos

Hyndra disse...

Oh pá, é tão giro!