quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O sol por vezes é nocivo, em especial quando levamos com o gajo nas trombas (desculpem lá o termo, mas não estou para palavrinhas mansas). Pois que tinha programa de veraneio para a tarde de hoje, mas como sempre levei tampa. Reunião de última hora! Lá fui para mais um encontro profissional em Alverca, no meu bólide, de cabelos ao vento (não, não tenho nenhum descapotável, apenas levei as janelas abertas). Depois de meia hora perdida, porque nem a gaja do GPS me soube indicar o caminho, dei com o belo do local. Durante quase uma hora foi só blá blá blá, férias, blá blá blá, férias, blá blá blá, férias! Saí de lá com a sensação que realmente não sou normal, porque todos os que me rodeiam vão ou já foram de férias, sendo que eu, bem....eu não sei o que isso é! Peguei no carrinho e fui a uma série de sítios tratar de burocracia. Neste hiato dei por mim a pensar na vida, no que tenho, no que gostava de ter, no que tive, no que não tive, em quem me rodeia, em quem posso confiar, em quem me quer bem, em que está comigo apenas porque sim, em mil e uma coisas que me fizeram concluir que :
- Posso parecer uma grande tola, uma verdadeira parva, mas sou assim porque quero, porque, mais tarde ou mais cedo, o destino encarregar-se-á de fazer justiça;
- Quem comigo goza, pode estar certo que de mim não leva vingança, apenas o meu desprezo;
- Quem pensa que estou garantida, está enganado, porque tão depressa estou, como mais depressa desapareço;
- Irrita-me o Homem, aquele que não sabe ser coerente com a sua linha de pensamento.


E por aqui me fico, para não escrever mais asneirada, porque quando os dedos começam a saltitar de tecla em tecla, em tom descontrolado, é sinal que muita merda quer sair
.


PS - Faz hoje uma semana que a minha mami regressou às origens, dando início a uma nova etapa da sua vida. Tenho saudades, muitas!

Até amanhã ou depois!

11 comentários:

disse...

Gostei das tuas conclusões Only! Acima de tudo, importa sentires-te bem contigo mesma, o resto é acessório!

HannaH disse...

eu cá acho que não diseste asneirada nenhuma!deita isso ca pra fora k ficas melhor!

Rui Fernandes disse...

Gostei do que escreveste.
Deita tudo cá para fora, e como a Bê disse "o resto é acessório"

Não me digas que és jornalista?
Eu quero ser jornalista no futuro e ultimamente só me têm passado pelas mãos blogs de jornalistas, será algum sinal? Não sei se acredito nessas coisas...

Bonito Blog...
Beijinho

Kitty disse...

Importante é seres feliz, e encontrares a tua felicidade.
Nem toda a gente tem de gostar de nós, mas aqueles que gostam só podem ser pessoas de grande valor, afinal de contas nem toda a gente se pode dar ao luxo de te ter como amiga, certo ou errado? ;o)

Black Horse disse...

Bonito blog!
Há que escrever o que nos vai na alma, com asneiras ou sem, quem não quiser que não leia... rs
Mas não achei que tivesse dito alguma. Quantos de nós não tivemos já esses pensamentos?

Um Abraço

korrosiva disse...

Estavas no bom caminho, devias de ter posto o resto "cá para fora" ;)

beijinhosss

whitesatin disse...

Desculpa, mas não foste tu que "levaste uma tampa", foste tu que "deste a tampa". :P

Estás mesmo a precisar de férias miúda...vá, manifesta-te e revolta-te contra o sistema: VAI DE FÉRIAS!!!

Beijos

Analog Girl disse...

Parecem-me boas conclusões.
Nada como te lembrares de quem és, de vez em quando.
:)

MARIINHA disse...

O último a rir é o que ri melhor! A vida vai encarregar-se de acertar tudo. É preciso que te sintas bem contigo, e que encontres a felicidade. E vais encontrar!
Um beijinho Only, e afinal quando é que vais de férias? Precisas de descansar!

S* disse...

Faz sentido o que escreveste.

E sim, temos de fazer um esforço para nos controlar...

L. Malloy disse...

Há que lutar um 'bocadinh' 8)
Espero que cheguem em breve essas férias. :p

Beijo
L