quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Vida minha

Por onde o vento se esgueira

Leve de tanto pesar

Uma pétala perdida

Um jardim por achar

__

Caminho pelo passado

Ofereço quem sou

Banho a alma no mar

Grito o silêncio

Deixo-me embalar

__

Meu mundo perdido

A força que me pagas

Sou parte da vontade

Nada mais que isso

Existo sem maldade

__

Mão cerrada

Peito aberto

Sacio-me de luz

Serei um ser, apenas isso

Sigo a brisa, a que me conduz

CS

Até amanhã ou depois!

8 comentários:

MARIINHA disse...

Que bonito Only Words. Gostei imenso.
Um beijinho

Menino do mar disse...

Lindo lindo lindo, adorei!!!

HannaH disse...

k lindo only!!! lindo!!

korrosiva disse...

:)) Lindo

beijinhoss

DIABINHOSFORA disse...

Está lindíssimo!

Beijinho

S* disse...

Optimo para me deixar a sorrir ao acordar. Obrigada.

ergela disse...

O que hei-de dizer ? Lindo.


:)Beijão amiga.

A.S. disse...

Ah!... Ser conduzido pela brisa é uma sensação deliciosa!!!

Lindo o teu poema!

Beijos...