sexta-feira, 10 de abril de 2009

Confesso que tenho andado a perder muito, tanto, do que vai passando por mim. Será a cegueira castrada pelas batidas de um coração bipolar, que tem escurecido tudo e todos em meu redor? Ou será o medo de voltar a ver? Seja qual fora a resposta, a verdade é que a cada dia que passa sinto-me mais fria, mais distante, menos sensível, mais indiferente, mais cansada e ansiosa para que tudo o que não sou me largue de vez. Que estranha forma de ser, estar e querer é esta que me deixa neste estado letárgico e apático? Não, não me estou a chorar ou a vitimizar. Não o faço, não o quero fazer. Vou renascer uma vez mais, com a certeza que melhores dias estão para chegar. Eu sei que sim! Caramba, já é hora, não?


Até amanhã ou depois!


6 comentários:

Sara M. disse...

as coisas mais importantes costumam surgir qdo menos se espera.
o tempo vai nos moldando mas a essência permanece spe. mais dia menos dia tudo será diferente. nada é por acaso e se nao houvessem estes momentos, não daríamos tanta importância a outros.

tudo de bom para ti.

*

ergela disse...

Ó amiga consulte o seu médico, pois por aquilo que escreveu, configurase-me um problema patólogico, e olho que sei do que falo.

Páscoa feliz, um beijo.

Kitty disse...

Estás deprimida? :(

Only Words disse...

Sara, tens toda a razão, quando menos se espera o inesperado acontece ;) Obg por tudo **

ergela e Kitty, estas palavras são apenas reflexo de um momento, nada de preocupante. Afinal, todos nós temos dias ou fases menos boas, certo? Obg pela vossa atenção e sejam muito bem-vindas ao meu espaço ;) *

New Radical disse...

Gostei deste blog

Se não te importas vou linkar-te

Kiss
boa Páscoa

Only Words disse...

Bem vindo New Radical. Podes "linkar" sem problema algum :)